Mulheres do Software Livre

Eventos

FLISOL 2011

Festival Latino-Americano de Instalação de Software Livre

Venha conhecer o Software Livre! Use todo o potencial do seu computador sem abrir mão da sua liberdade de executar, copiar, distribuir, estudar, modificar e aperfeiçoar os programas que você e seus amigos usam.

Evento gratuito, no dia 09 de abril, na FEEVALE, com palestras, demonstrações, instalação e distribuição de Software Livre.

Palestra Mulheres de TI às 14h 30

  • Resumo: Através de uma análise sobre o papel feminino no universo da Tecnologia da Informação, especialmente no que se refere ao Software Livre, esta palestra pretende fazer uma discussão sobre o tema. Fazendo uma retrospectiva histórica sobre as referências de mulheres que trabalham com Software Livre, serão apresentados os maiores desafios que elas enfrentaram – e enfrentam – para desempenhar as suas funções na área e suas contribuições no desenvolvimento de comunidades e soluções tecnológicas baseadas em Software Livre. O objetivo é, também, incentivar mulheres a participarem ativamente desse universo, que é predominantemente masculino.
  • Palestrante: Paloma Costa
  • Minicurrículo: Profissional com dez anos de experiência em Tecnologia da Informação. Conhecimentos no ciclo de desenvolvimento de software, usabilidade e padrões W3C. Possui experiências em desenvolvimento de software na área Web Java. Tem iniciativa e capacidade para encarar e vencer desafios, características que considera importantes. Uma das Fundadoras do Grupo Feminino Livre e integrante da coordenação de software livre RS.


O FLISOL (Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre) é o maior evento de difusão de Software Livre da América Latina. É realizado desde o ano de 2005 e seu principal objetivo é promover o uso de Software Livre, dando a conhecer ao público em geral a sua filosofia, alcance, avanços e desenvolvimento.

Com este fim, as diversas comunidades locais de Software Livre (em cada país, em cada cidade/localidade), organizam simultaneamente eventos nos quais se instala, de maneira gratuita e totalmente legal, Software Livre nos computadores levados pelos participantes. Além disso, de forma paralela, se oferecem palestras, debates e oficinas, sobre temáticas locais, nacionais e latino-americanas sobre Software Livre, em toda sua gama de expressões: artística, acadêmica, empresarial e social.

Neste evento reuniremos nossa comunidade local de Software Livre e receberemos novos membros que queiram participar também. Teremos várias atividades sobre Software Livre em geral.

Para os detalhes da edição regional, continue lendo esta página. Para mais detalhes sobre o evento na América Latina, leia a página oficial do FLISOL.

 

Participação Feminina no Campus Party

Os participantes da 4ª edição do evento terão mais de 500 horas de conteúdo. A Campus Party foi dividida em quatro zonas de conhecimento: Ciência, Criatividade, Entretenimento Digital e Inovação.

Segundo Teza, os grandes temas que serão discutidos neste ano está a geolocalização, a sustentabilidade e o papel das mídias sociais na sociedade. “Para esse tema, organizamos um debate que contará com a presença de representantes da Polícia Militar do Rio que debaterão a função das redes sociais nas comunidades”, destacou Teza.

Assim como nas edições anteriores, os campuseiros contarão com internet banda larga com velocidade de 10 Gbps.

Serviço
O que é: Campus Party Brasil 2011
Onde: Centro de Exposições Imigrantes (Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – São Paulo – SP)
Data: De 17 a 23 de janeiro.
Horário: Das 10h às 22h (para visitantes)
Preço: As inscrições estão esgotadas, mas a área de exposições pode ser visitada gratuitamente.
Confira o site oficial do evento.

_______________________________________________________________________________________

O universo feminino terá destaque no 11º Fórum Internacional Software Livre. Sob o comando do Grupo de Trabalho Feminino Livre, o fisl11 contará com uma programação dedicada às mulheres, com atividades inovadoras no Espaço ASL.

O objetivo do Grupo é agregar. Para isso estão sendo convidados grupos de mulheres de todo o Brasil. A participação de mulheres de diferentes regiões e culturas tornará o evento ainda mais atraente, proporcionando um novo olhar sobre o fisl.

Conforme a coordenadora do fisl, Virgínia Ferreira, o GT Feminino Livre irá contemplar atividades de setores ainda não consolidados no desenvolvimento do Software Livre. “Buscamos o olhar feminino sobre o fazer, sempre fomentando a aplicação, o uso, o desenvolvimento e a divulgação do Software Livre”, explica.

Confira as atividades:

Painel “Mulheres e o Software Livre”
Clarice Abrahão – Coordenadora do Fórum de Educadores da Restinga e Extremo Sul – FERES
Cleusa Ioshida -Superintendente nacional de Inovação da Caixa Econômica Federal
Fernanda Weinden -Analista de Sistemas do Google
Marcia Schüler – Secretária de Tecnologia da Informação e Inclusão Digital de Novo Hamburgo
Vera Cavalcante – Coordenadora do Grupo de Usuários BrOffice.org no Estado de São Paulo

No Espaço ASL – Dias 22, 23 e 24
10:00 às 12:00 – Mini-palestras de 30 minutos cada
14:00 às 16:00 – Desconferências de 30 minutos cada
18:00 às 19:00 – Lançamento de livros e sessão de autógrafos

Fonte: Software Livre Brasil – July 19, 2010, by Luis Henrique Silveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: